Competências Empreendedoras e Desempenho dos Cursos de Graduação: Um Estudo de suas Relações a partir da Percepção dos Diretores de Centro

  • Suzete Antonieta Lizote Universidade do Vale do Itajai
  • Miguel Angel Verdinelli Universidade do Vale do Itajai
  • Luciana Merlin Bervian Universidade do Vale do Itajai
  • Sabrina Nascimento UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

Resumo

Contexto e Objetivo: A pesquisa tem como objetivo avaliar como os diretores de centro das universidades percebem as competências empreendedoras dos coordenadores dos cursos da unidade acadêmica que dirigem. E como elas se relacionam aos desempenhos desses cursos, segundo a mensuração que efetua o Ministério da Educação.

Método: Para alcançar esse resultado desenvolveu-se uma pesquisa de survey utilizando o modelo de Cooley (1990, 1991) para medir as competências empreendedoras. Os métodos estatísticos usados incluíram análise fatorial e de correlações. A amostra contemplou 61 cursos, repartidos entre três universidades: uma pública e duas comunitárias.

Resultados esperados: Os achados permitem confirmar que as competências empreendedoras que possuem os coordenadores, segundo a percepção dos seus superiores, se relacionam com o desempenho de modo positivo e significativo ao considerar as competências de modo conjunto. Mas, quando se analisam segundo a proposta de Cooley, as competências do conjunto realização não mostram associação com o desempenho. Para os conjuntos planejamento e poder sim possuem vínculo positivo e significante com o desempenho. As implicâncias práticas destes achados podem se relacionar ao melhoramento da gestão das unidades acadêmicas.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Professora titular da Universidade do Vale do Itajai
##submission.authorWithAffiliation##
Professor titular da Universidade do Vale do Itajai
##submission.authorWithAffiliation##
Professora titular da Universidade do Vale do Itajai
##submission.authorWithAffiliation##
Coordenadora do curso de Ciências Contábeis da UNOESC, Doutora em Administração e Turismo pela UNIVALI, Mestre em Ciências Contábeis pela FURB, Bacharel em Ciências Contábeis pela UFSC e Professora do curso de Administração e Ciências Contábeis da Universidade do Oeste de Santa Catarina

Referências

Antonello, C. S.(2005). A metamorfose da aprendizagem organizacional: Uma revisão crítica. Ruas, R.L., Antonello, C.S., & Boff, L.H. Os novos horizontes da gestão: aprendizagem organizacional e competências. Porto Alegre: Bookman.

Antoncic, B. & Hisrich, R.B. (2003).Clarifying the intrapeneurship concept. Journal of Small Business and Enterprise Development, 10(1), pp.7-24. doi: https://doi.org/10.1108/14626000310461187

Arrazola, M. & Hevia, J. (2008). Three measures of returns to education: an illustration for the case of Spain. Economics of Education Review, 27(3), pp.266-275. doi: https://doi.org/10.1016/j.econedurev.2006.10.004

Babbie,E. (1992). The practice of social research. Belmont: Wadsworth.

Churchill JR., G.A. (1979). A paradigm for developing better measures of marketing constructs. Journal of Marketing Research, 16(1), pp. 64-73. doi: https://doi.org/10.2307/3150876

Cooley, L. (1990). Entrepreneurship Training and the strengthening of entrepreneurial performance. Final Report. Contract. Washington: USAID.

Cooley, L. (1991). Seminario para fundadores de empresa. Manual del Capacitador. Washington: MSI.

Delors, J. , Eufrázio, J.C. (1998). Educação: um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. São Paulo: Cortez, MEC, UNESCO.

Dornelas, J.C.A. (2003). Empreendedorismo corporativo: como ser empreendedor, inovar e se diferenciar em organizações estabelecidas. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier.

Dornelas, J. C. A. (2008). Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. 3. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro, RJ: Campus.

Dougherty, D. (2004). Organizando para a inovação. Handbook de estudos organizacionais, 3, pp. 337-360.

Drejer, A. (2002). Strategic management and core competencies. Quorumbooks, USA.

Durant, T. (2006). L‟alchimie de la compétence. Revue française de gestion, 160, pp. 261-292. doi: 10.3166/rfg.160.261-292.

Feuerschütte, S. G., Alperstedt, G.D., & Godoi, C.K. (2012). Empreendedorismo e competência: um ensaio sobre complementariedade e convergência dos construtos. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 10(3), pp. 509-538.

Filion, L.J.(2004). Entendendo os intraempreendedores como visionistas. Revista de Negócios, 9 (2), pp. 65-80. doi: http://dx.doi.org/10.7867/1980-4431.2004v9n2p%25p

Finney, S.J., & Distefano, C. (2006). Non-normal and categorical data in structural equation modeling. In: Hancok, G.R., & Muelleer, R.O. Structural equation modeling: a second course. Charlotte, NC: Information Age Publ.

Goodes, M.R. & Company, W. (1999). Transformando a cultura de uma empresa global: em empregado de cada vez. In: Dauphinhais, G.W. & Price, C. Abrindo o jogo. Rio de Janeiro: Editora Objetiva.

Hair Jr., J.F., Black, K.W.C., Babin, B.J., Anderson, R.E. & Tatham, R.L. (2009). Análise multivariada de dados. 6. ed., Porto Alegre: Bookman.

Jennings, D.F. & Young, D.M. (1990). An empirical comparison between objective and subjective measures of the product innovation domain of corporate entrepreneurship. Entrepreneurship Theory and Practice, 15(1), pp. 6-20.

Le Boterf, G. (1997). Construire la compétence collective de l‟entrepriese. Gestión, Paris, 22(3), pp. 82-85.

Le Boterf, G. (2003). Desenvolvendo a competência dos profissionais. 3 ed., Porto Alegre: ArtMed.

Lenzi, F.C. (2008). Os empreendedores corporativos nas empresas de grande porte: um estudo da associação entre tipos psicológicos e competências empreendedoras. Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Longenecker, J. & Schoen, J.E. (1975). The essence of entrepreneurship. Journal of Small Business Management.

Mant, T.W.Y. & Lau, T. (2000). Entrepreneurial competencies of SME owner/managers in the Hong Kong services sector: A qualitative analysis. Journal of Enterprising Culture, 8(3), pp. 235-254. doi: https://doi.org/10.1142/S0218495800000139

McClelland, D.C. (1971). Entrepreneurship and achievement motivation: approaches to the science of sócio-economic development. In: Leygel, P. (org.). Paris: UNESCO.

Minguzzi, A. & Passaro, R. (2000). The network of relationships between the economic environment and the entrepreneurial culture in small firms. Journal of Business Venturing, 16, pp. 181-207.

Mitchelmore, S. & Rowley, J. (2010). Entrepreneurial competencies: a literature review and development agenda. International Journal of Entrepreneurial Behaviour & Research, 16(2), pp. 92-111. doi: https://doi.org/10.1108/13552551011026995

Munc, L., Souza, R.B. & Zagui, C. (2012). A gestão por competências e sua relação com ações voltadas à sustentabilidade. REGE, 19(3), pp. 371-389. doi: http://dx.doi.org/10.5700/issn.2177-8736.rege.2012.49909

Nassif, V.M.J., Andreassi,T. & Simões, F. (2011). Competências empreendedoras: há diferenças entre empreendedores e intraempreendedores? Revista de Administração e Inovação, 8(3), pp. 33-54. doi: https://doi.org/10.5773/rai.v8i3.858

Paiva Jr, F.G.O., Guerra, J.R.F., Oliveira, M.A.F. & Alves,V.S. (2006). A contribuição das competências empreendedoras para a formação de dirigentes em sistemas de incubação. Anais Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil, 26.

Pinchot, G. (1985). Intrapreneuring. New York, NY: Harper & Row.

Porter, M. (1981). The contributions of industrial organization to strategic management. Academy of Management Review, 6(4), pp.609-620. doi: 10.2307 / 257639.

Prahalad, C.K. & Hamel, G. (1990). The core competence of the corporation. Harvard Business Review, 68(3), pp. 79-90.

Pryor, A.K. & Shays, E.M. (1993). Growing the business whith intrepreneurs. Business Quartely, London.

Rosa, S.B. & Lapolli, E.M. (201). Santa Catarina: um estado que é uma vitrine de talentos. In: Lapolli, E.M., Franzani, A.M.B. & Souza, V.A.B. (Orgs). Vitrine de talentos: notáveis empreendedores em Santa Catarina. Florianópolis: Pandion.

Santos,S.A. dos, Lenzi, F.C. & Casado, T. (2011). Talentos inovadores na empresa: como identificar e desenvolver empreendedores corporativos. Curitiba: Ibpex.

Schein, E.H. (2009). Cultura organizacional e liderança. São Paulo: Atlas.

Schmitz, A.L.F. (2012). Competências empreendedoras: os desafios dos gestores de instituições de ensino superior como agentes de mudanças. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil.

Schumpeter, J.A. (1949). The theory of economic development: an inquiry into profits, capital, credit, interest, and the business cycle. Cambridge: Harvard University Press.

Shabana, M.A. (2010). Focusing on intrapreneurship: an employee-centered approach. Advances in Management, Kolhapur, 3(12), pp. 32-37.

Snell, R., & Lau, A. (1994). Exploring local competences salient for expanding small business. Journal of Management Development, 13(4), pp. 4-15. doi: https://doi.org/10.1108/02621719410057032

Wunderer, R. (2001). Employees as “co-intrapreneurs” - a transformation concept. Leadership & Organization Development Journal, 22(5), pp. 193-211. doi: https://doi.org/10.1108/EUM0000000005676

Zilber, S.N., & Brancalião, H.F. (2008). Da identificação de oportunidades a ação intraempreendedora: estudo de caso no setor sucroalcooleiro brasileiro. Anais do Encontro Anual da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 33.
Publicado
2018-05-25
Como Citar
LIZOTE, Suzete Antonieta et al. Competências Empreendedoras e Desempenho dos Cursos de Graduação: Um Estudo de suas Relações a partir da Percepção dos Diretores de Centro. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), [S.l.], v. 12, n. 2, maio 2018. ISSN 1981-8610. Disponível em: <http://repec.org.br/index.php/repec/article/view/1573>. Acesso em: 20 set. 2018. doi: https://doi.org/10.17524/repec.v12i2.1573.
Seção
Artigos

Palavras-chave

Competências Empreendedoras; Avaliação; Diretores de Centro; Coordenadores de Cursos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##