Controle de gestão: a aplicabilidade do modelo das três dimensões na investigação de níveis e tipos de comprometimento do capital humano nas organizações terceirizadas

Autores

  • Mariano Yoshitake UNINOVE
  • Marinete Santana Fraga FUNCEC/MG
  • Geraldo Alves Tores FUNCEC/MG
  • Erivaldo Santos Passos UNEAL

DOI:

https://doi.org/10.17524/repec.v3i3.100

Palavras-chave:

Comprometimento, Terceirização, Controle de Gestão, Modelo de Três Dimensões.

Resumo

O objetivo deste trabalho é investigar e analisar o nível e os tipos de intensidades do comprometimento de trabalhadores terceirizados que atuam concomitantemente com os da empresa contratante, por meio do modelo das três dimensões. Procurou-se analisar tanto o nível e os tipos quanto a forma – como as características pessoais e organizacionais exercem influência sobre o comprometimento desse tipo de empregado que, de forma particular, pertence a uma empresa e presta seus serviços a outra. Utilizou-se de pesquisa descritiva com abordagem quantitativa para a análise dos dados, utilizando-se de técnicas estatísticas, como: média geral, a ANOVA, Teste “t emparelhado”, t-Student e o método alpha de Cronbach. Além de pesquisa bibliográfica e documental, efetuou-se um estudo de caso. A importância do estudo pode ser definida como fundamental para o controle de gestão do ativo humano nas organizações de empresas contratantes e contratadas. O resultado da pesquisa evidenciou a aplicabilidade do modelo das três dimensões de comprometimento: afetivo, instrumental e normativo. O estudo desenvolvido insere-se no bojo de estudos contemporâneos do controle de gestão ou gerencial, estudos esses que têm alçado temas que poderiam ser descritos como “controles relacionais nas organizações”, no caso, as possibilidades de estudo das relações, como a satisfação, a confiança e o comprometimento.

Downloads

Publicado

2009-12-21

Como Citar

Yoshitake, M., Fraga, M. S., Tores, G. A., & Passos, E. S. (2009). Controle de gestão: a aplicabilidade do modelo das três dimensões na investigação de níveis e tipos de comprometimento do capital humano nas organizações terceirizadas. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 3(3), 39–61. https://doi.org/10.17524/repec.v3i3.100

Edição

Seção

Artigos