Percepções sobre o ensino da contabilidade introdutória para não contadores: a perspectiva dos discentes das universidades federais do estado do Rio Grande do Sul

Autores

  • Simone Leticia Raimundini UFRGS
  • Márcia Bianchi UFRGS
  • Nálbia de Araújo Santos UFV
  • Luiz Paulo Lopes Fávero USP
  • Paulo Schmidt UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.17524/repec.v3i3.102

Palavras-chave:

Ensino, Contabilidade, Cursos de Graduação.

Resumo

As Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) dos cursos de Administração e Economia mencionam que esses cursos deverão contemplar o conteúdo de Contabilidade em sua grade curricular. Nesse contexto, esta pesquisa tem como objeto de estudo a disciplina de Contabilidade Introdutória (CI) e pretende-se avaliá-la, tendo em vista as percepções dos discentes não contadores. Além disso, objetiva-se fazer associações entre os cursos pesquisados com seus aspectos metodológicos. Para tanto, utilizou-se a estratégia metodológica de levantamento ou survey por meio de questionário estruturado, com questões fechadas, o qual foi aplicado aos discentes matriculados, no primeiro semestre de 2008, na disciplina de CI dos cursos de graduação em Administração, Economia, bem como de outros cursos que ofereçam essa disciplina, das Universidades Federais do Rio Grande do Sul. Na amostra, que representa 63,81% da população, empregou-se o teste Qui-quadrado, Análise de Correspondência Simples e Múltipla (ANACOR e HOMALS) para verificar a relação entre categorias e variáveis. Os resultados sinalizam que a insatisfação com a aprendizagem e a ausência de motivação entre os discentes pode estar associada à abordagem dada pelos docentes, visto que coincidem justamente com o docente relacionado à discordância relativa à organização dada ao conteúdo. Por conseguinte, os objetivos de aprendizagem não foram alcançados e não houve compreensão em relação aos conceitos básicos da Contabilidade. Logo, esses discentes responderam que o conteúdo da disciplina é de difícil entendimento. Todavia, os discentes de Administração e Economia percebem a relevância desse conteúdo para a sua formação, enquanto os discentes de outros cursos discordam totalmente, discordam dessa questão ou são indiferentes a ela.

Downloads

Publicado

2009-12-21

Como Citar

Raimundini, S. L., Bianchi, M., Santos, N. de A., Fávero, L. P. L., & Schmidt, P. (2009). Percepções sobre o ensino da contabilidade introdutória para não contadores: a perspectiva dos discentes das universidades federais do estado do Rio Grande do Sul. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 3(3), 85–105. https://doi.org/10.17524/repec.v3i3.102

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)